terça-feira, 11 de março de 2014

CATAMARÃS ENTRE RIO E NITERÓI ASPIRAM LIXO E CAUSAM ATRASOS


COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Extremamente caras, as lanchas não sofrem manutenção adequada nem limpeza, não há frota suficiente para o cumprimento de horários sem espera demorada, o que significa que a alta tarifa não corresponde à qualidade do serviço prestado na ligação entre a Estação de Charitas, em Niterói, à Praça 15, no Rio de Janeiro.

Catamarãs entre Rio e Niterói aspiram lixo e causam atrasos

Por Marcelle Ribeiro - Portal Terra

Dois catamarãs que fazem o transporte de passageiros entre a estação de Charitas, em Niterói, na região metropolitana do Rio, e a Praça XV, no centro da capital fluminense, apresentaram problemas na manhã desta terça-feira após seus motores terem sugado lixo da Baía de Guanabara. Segundo a concessionária que administra o serviço, elas foram retiradas de circulação após detritos terem sido aspirados pelas embarcações. Com isso, formou-se uma grande fila de passageiros na estação de Charitas, já que, com menos barcas, diminuem as partidas para o Rio.

Após passarem por manutenção, as duas embarcações voltaram à operação, às 11h. Segundo a concessionária, as partidas foram normalizadas e acontecem de acordo com o programado na grade de horários.

A empresa ofereceu aos passageiros que chegavam à estação de Charitas um ônibus gratuito para ir até outra estação de Niterói, na Praça Arariboia, no Centro, de onde podiam pegar embarcações para o Rio.

Em nota, a concessionária CCR Barcas informou que a grande quantidade de lixo na Baía de Guanabara influencia na velocidade dos barcos e na duração da viagem. "Após fortes temporais, o lixo represado nos rios que desaguam na baía é levado pelas marés até as rotas e áreas de manobras das nossas embarcações. Em épocas de muitas chuvas, a quantidade de lixo flutuante chega a triplicar, provocando quebra de peças e aquecimento de motores das embarcações, que muitas vezes precisam sair de operação para reparos".

A CCR afirma que as embarcações muitas vezes também têm que reduzir a velocidade na Baía de Guanabara devido ao tráfego na Baía, cada vez mais intenso, devido ao aquecimento da economia do Rio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...