quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

SECRETÁRIO DE TRANSPORTES DO RJ PARECE RIR DA CARA DO POVO CARIOCA


Numa declaração recente sobre os acidentes que acontecem com os ônibus BRT no Rio de Janeiro, o secretário de Transportes do município, Carlos Roberto Osório, cometeu uma séria gafe ou simplesmente deu uma declaração que soa como uma gozação para o povo carioca.

Ele havia declarado, dias atrás, que os acidentes acontecem por causa do "excesso de eficiência" do sistema, uma declaração que não tem pé nem cabeça, mesmo quando se tenta relativizar os defeitos do sistema de ônibus implantado no município em 2010.

Isso porque não pode haver excesso de defeitos por causa do excesso de qualidades. Não se aplica esse raciocínio de circunferência 360% em que, quando se atinge o máximo valor, atinge o ponto zero. Isso não faz o menor sentido.

O sistema está ruim, porque segue uma lógica ultrapassada da ditadura militar. E, se o governo do grupo político de Sérgio Cabral Filho e Eduardo Paes é ruim, considerado um dos piores grupos políticos do país, não será um secretário de Transportes que será considerado um "santo", até porque ele faz a média das oligarquias dos ônibus do Estado do RJ.

Portanto, se Carlos Roberto Osório quis agradar alguém com sua declaração infeliz, damos nossos pêsames. Foi mais uma atitude na coleção de atitudes constrangedoras e humilhantes do seu grupo político, que pensa tanto em mobilidade urbana mas não pensa em garantir a segurança das moradias, muitas delas destruídas a cada período de chuvas fortes no Estado.

Não valeu, Carlos Roberto. Não valeu. Foi bola fora, segundo o jargão de futebol que esses políticos tanto entendem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...