quinta-feira, 20 de setembro de 2012

ÔNIBUS APRESENTAM INFESTAÇÃO DE BARATAS NO RIO



COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: O "novo" modelo de sistema de ônibus do Rio de Janeiro, inspirado na ditadura militar, se baseia não na transparência do serviço de ônibus - já que as empresas têm sua imagem camuflada, dificultando o reconhecimento pelo passageiro comum - , mas na concentração de poder das secretarias de transporte.

Isso faz com que as empresas de ônibus deixem de prestar um bom serviço, já que são desprovidas de autonomia operacional, tamanho o poder do secretário de transportes, que se transforma num dublê de administrador do sistema de ônibus.

Ônibus apresentam infestação de baratas no Rio

Do Portal G1, sob colaboração dos internautas Antônio Rodrigues de Farias e Luís Eduardo Losada Santiago

Baratas invadiram dois ônibus de linhas diferentes na cidade do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (19). Leitores que estavam nos veículos filmaram os insetos e enviaram as imagens ao VC no G1.

O internauta Antônio Rodrigues de Farias estava em um ônibus que ia sentido Rio das Pedras quando viu a infestação. “Embarquei no ônibus por volta das 12h, no Barra Shopping. O veículo estava cheio de baratas de todos os tamanhos. Os passageiros não podiam se sentar. Uma total falta de respeito com a dignidade dos cidadãos”, relata.

Já o estudante de engenharia Luis Eduardo Losada Santiago percebeu a presença das baratas quando embarcou em um ônibus da linha 323, que cobre o caminho de Bananal a Castelo, no Centro do Rio. “Foi a primeira vez que presenciei uma situação dessas. Os passageiros tiveram que viajar de pé”, conta.
Nota da redação: em nota, a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) afirma que vai notificar os consórcios responsáveis pelas duas linhas pela irregularidade. Também serão realizadas novas vistorias nos carros, “visando verificar as condições operacionais, segurança e limpeza do veículo”.

O valor da multa para veículos que são flagrados com falta de limpeza externa e interna é de R$ 295,76, segundo a secretaria.

O departamento ainda informa que “o cidadão pode denunciar as irregularidades dos ônibus e de todos os demais modais de transporte do sistema municipal através do Portal de Teleatendimento da Prefeitura, 1746. É fundamental que seja informado o número da ordem e placa do veículo, linha, data, hora e local”.
A Transportes Paranapuan, responsável pela linha 323, diz lamentar "o inconveniente causado aos seus clientes e informa que todos os seus veículos passam por limpeza e higienização diária".

A empresa afirmou em nota que "a desinsetização mais recente, ocorrida nesta semana, foi realizada antes mesmo de completar quatro meses da última aplicação, como forma de reforço." A Paranapuan colocou à disposição a Central de Relacionamento com o Cliente: 0800-886-1000 (ligação gratuita).

Já o Grupo Redentor lamenta "pelo inconveniente" e diz que "a desinsetização em nossos ônibus, que é exigida pelo poder concedente a cada seis meses, ocorre de três em três meses em todos os veículos da empresa". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...