quarta-feira, 25 de abril de 2012

NITERÓI TEM TRÂNSITO MUDADO EM ICARAÍ


Hoje o trânsito de Niterói passa a encarar as mudanças anunciadas há algum tempo.

A maior das mudanças está na Av. Roberto Silveira, que, no sentido Icaraí-Centro, passa a ter apenas uma mão, com duas faixas para ônibus.

As linhas que passavam pela Av. Roberto Silveira no sentido Centro-Icaraí, como 31 Beltrão / Ponta d'Areia e 48 Rio do Ouro / Centro, agora passam pela Rua Gavião Peixoto. As linhas 36 Sapê / Centro e 44 Ititioca / Centro também seguem a rua e de lá dobram para irem à Rua Mariz e Barros.

Em compensação, as linhas que antes passavam pela Rua Gavião Peixoto em direção à Rua Presidente Backer, foram transferidas para a Rua Mem de Sá, que passa a ter um só sentido, da Rua Miguel de Frias à Rua Lopes Trovão.

As linhas 35 Baldeador / Centro, 39 Piratininga / Centro (via Cafubá), 39A Piratininga / Centro (via Shopping Itaipu Multicenter) e 40 Maceió / Centro continuam passando pela Rua Presidente Backer.

Já as linhas 34 Largo da Batalha / Centro (via Soares de Miranda), 34A Largo da Batalha / Centro (via Viçoso Jardim) e 45 Cubango / Centro seguem a Rua Mem de Sá toda, para depois seguir o restante da Rua Lopes Trovão. A 66 Barreto / Icaraí segue o mesmo percurso, mas até dobrar a Av. Roberto Silveira.

No sentido Santa Rosa - Icaraí, a linha 57 Santa Rosa / Centro (via Fagundes Varela) percorre toda a Rua Dr. Paulo César e pega o trecho final da Av. Roberto Silveira para dobrar num pequeno trevo construído há algumas semanas para, indo pela Rua Miguel de Frias, seguir a Rua Fagundes Varela.

sábado, 7 de abril de 2012

VEREADORES APROVAM LEI QUE PROÍBE SOM EM ÔNIBUS DE FLORIANÓPOLIS



COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: O sossego de muitos passageiros, que não compartilham com o gosto musical dos que ligam o som em alto volume, pode ser enfim recuperado com a lei que proíbe a poluição sonora nos ônibus da capital catarinense.

Quem quiser ouvir suas músicas, que compre um fone de ouvido para acoplar no seu celular ou aparelho de som portátil.

Vereadores aprovam lei que proíbe som em ônibus de Florianópolis

Projeto impede que passageiros usem celular ou aparelhos de som sem fone.
Texto ainda não foi sancionado pelo prefeito da capital catarinense.

Por Glauco Araújo - Portal G1

Os "DJs de ônibus" estão com os dias contados em Florianópolis. Os vereadores da câmara municipal aprovaram por unanimidade, nesta terça-feira (3), o Projeto de Lei que proíbe o uso de equipamentos de som ou celulares para ouvir música no transporte público. O documento segue para sanção do prefeito Dário Elias Berger.

O texto do Projeto de Lei é de autoria do vereador César Faria e permite que os equipamentos de som e celulares podem ser usados para ouvir música desde que o usuário use fones de ouvido, de acordo com o artigo 1º.
saiba mais

Câmara aprova Projeto de Lei que proíbe som em ônibus de Salvador
Lei proíbe ouvir música sem fones de ouvidos em ônibus de Marília, SP
Lei que proíbe música alta dentro de ônibus é aprovada em Sorocaba, SP
Vereadores aprovam lei que proíbe som alto em ônibus de Guarapuava

As penalidades previstas no texto são de cunho educativo e não fala sobre multas. Nos casos em que alguém for flagrado ouvindo música sem fones de ouvido nos ônibus, será solicitado que o passageiro desligue o equipamento. Em caso de negativa, o motorista do coletivo poderá pedir que o passageiros desça do veículo.

O artigo 3º do Projeto de Lei diz que os veículos de transporte pública precisarão ter sinaização para indicar a proibição. A Lei entrará em vigor assim que for publicada no Diário Oficial do Município.

Segundo o vereador, a necessidade de criação deste Projeto de Lei foi motivada pelo clamor da sociedade. "Como se já não bastassem os problemas enfrentados pelo cidadão diariamente, ele ainda é obrigado a encarar o trânsito intenso da nossa capital. Além disso, ultimamente tem sido corriqueiro pessoas ouvindo música com volume alto no transporte coletivo, causando desconforto para a maioria dos passageiros”, disse Faria.

Para ele, os passageiros não precisam compartilhar gostos musicais. “Isso atrapalha a individualidade do cidadão e dificulta que outras pessoas possam ler ou conversar”, afirmou o vereador catarinense.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

LEI DA PLACA REFLETIVA COMEÇA A VALER



COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: A medida da exigência de películas refletivas em placas de veículos novos e de veículos que realizam transferência de registro de placas em municípios iria entrar em vigor no começo de janeiro último, mas o Conselho Nacional de Trânsito decidiu implantar a medida a partir deste mês.

Lei da placa refletiva começa a valer

Do blogue Motor Gerais

Entrou em vigor dia 1° de abril (e não é mentira) a lei que exige a presença de película refletiva nas placas de veículos novos e transferidos de município no Brasil. A exigência faz parte de alteração na Resolução 231 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), prevista para entrar em vigor em 1º de janeiro, mas que foi prorrogada pelo órgão.

Quem já tiver feito o emplacamento antes de abril não vai precisar trocar de placa. Os veículos que tiverem a documentação transferida para outro município, por outro lado, terão de ter o emplacamento refeito conforme a lei.

A medida, afirma o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), tem como objetivo aumentar a segurança no trânsito, em casos onde a visibilidade da placa fica comprometida – como em situações de chuva, neblina ou mesmo à noite. De acordo com a descrição da lei, publicada no Diário Oficial da União de 2 de agosto de 2011, a película refletiva deverá cobrir a superfície da placa, excluindo a borda, sendo flexível com adesivo sensível à pressão e conformável para suportar elongação necessária no processo produtivo.



Maiores para motos

A exigência de placas refletivas vem acompanhada do aumento da placa para motos zero quilômetro ou que também forem transferidas de município. O texto prevê que a altura das placas passe de 13,6cm para 17cm, e o comprimento de 18,7cm para 20cm.


Até então as placas refletivas eram facultativas para veículos de quatro rodas e obrigatórias para motocicletas.

Fotos: Machado´s Autoplacas e Componentes
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...