domingo, 3 de abril de 2011

SALVADOR: COSTA AZUL NÃO TEM ÔNIBUS DIRETO PARA SETE PORTAS


ASPECTO DO LARGO DAS SETE PORTAS, EM SALVADOR.

Os moradores da região do Stiep e do Costa Azul, bairros de classe média de Salvador, até agora não dispõem de um ônibus direto para o bairro de Sete Portas, que possui um atuante comércio popular na cidade.

As únicas opções existentes são linhas que atendem apenas às "beiradas" do trajeto Rótula do Abacaxi - Aquidabã, como a 1637 Mirantes de Periperi / Boca do Rio, para a rótula, e as linhas 0919 Stiep / Vale dos Rios - Lapa, 1034 Parque São Cristóvão / Barroquinha e as intermunicipais 0879 Lauro de Freitas / Terminal da França e 0886 Areias / Terminal da França, que sobrecarregam o ramal Stiep - Bonocô (que faz a 0886, que tem passagem mais cara, ter demanda baixíssima), para o lado do Aquidabã.

Para Sete Portas, só existe uma linha indireta, a 1335 Estação Pirajá / Barra 1, que no sentido Stiep - Sete Portas, requer baldeação dentro da Estação Pirajá, enquanto que, no sentido inverso, percorre um trajeto muito longo pelo Comércio, Campo Grande e orla Sul da capital baiana.

Os moradores do Conjunto dos Bancários e do entorno do Centro de Convenções ainda têm como opção a linha 0923 Conjunto Marback / Barroquinha, mas a linha possui frota deficiente, que obriga os passageiros a esperarem cerca de 40 minutos entre um ônibus e outro.

Em 1997, chegou-se a ser criado um ramal alternativo da linha 2512 (atual 0852), da frota intermunicipal da Ondina (hoje ODM), que liga Itinga (bairro de Lauro de Freitas) ao Terminal da França, passando por Stiep e Sete Portas. O ramal principal, hoje único, serve Bonocô e Av. Paralela.

PREFEITURA VÊ STIEP E COSTA AZUL COMO PEQUENO BALNEÁRIO

A Secretaria de Transportes de Salvador não enxerga o crescimento vivido pela região de Stiep e Costa Azul, reflexo do crescimento urbano da Av. Paralela e da Av. Tancredo Neves, que funcionalmente se torna um equivalente soteropolitano da Av. Rio Branco do Rio de Janeiro.

Vários estabelecimentos comerciais, inclusive um hipermercado, surgiram no Costa Azul, enquanto a visão dos secretários de transportes ainda é de que o bairro ainda é um pequeno balneário ou uma pequena comunidade de trabalhadores petrolíferos, e acha que os moradores, quando muito, já têm carro ou se contentam em ir para a Av. Tancredo Neves pegar um ônibus para Sete Portas.

Por isso, as autoridades insistem na estagnação das linhas locais para a região, enquanto que, no caso das linhas intermunicipais, cria-se uma clonagem de percursos que não oferece alternativa à demanda. Fica mais do mesmo: se a linha intermunicipal vai para Sete Portas, ela necessariamente tem que passar pela Av. Paralela. Se ela vai do Iguatemi para o Costa Azul, tem que passar pelo Bonocô.

LINHA CHEGOU A SER SUGERIDA NA INTERNET

Uma linha chegou a ser sugerida por mim na Internet, há dez anos. É a linha 0917 Stiep / Vale dos Rios - Ondina, que entre o Stiep e o Iguatemi, fazia o mesmo percurso da 0919 para a Lapa, mas seguia à Rótula do Abacaxi para fazer o mesmo roteiro da 1130 Cabula VI / Ondina.

Seria uma linha circular, mais rápida e mais funcional, e sua divulgação na Internet chegou a ter até apoio de busólogos e moradores do Costa Azul.

Mas as autoridades nem se sensibilizaram, preferindo a exigência burocrática do abaixo-assinado, uma medida trabalhosa - precisa ter tempo para convencer os moradores para assinarem - e cujo sucesso nem sempre é garantido.

Ou seja, nem sempre o abaixo-assinado poderá ser aceito, porque ele estará sujeito a "estudos", e provavelmente serão precisos muitos anos para uma simples linha de ônibus ser implantada.

Numa cidade em que o transporte coletivo é insensível ao interesse público, absurdos como este acontecem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...