quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

PARTE DOS ÔNIBUS QUE CIRCULAM EM COPACABANA TERÃO ITINERÁRIO REDUZIDO



COMENTÁRIO DESTE BLOG: Haverá mudanças no trânsito de ônibus de Copacabana, com redução de frotas, implantação do BRS e alteração de itinerários. Os pontos serão reduzidos, mas não serão distribuídos por critério de consórcios. A linha 125E, que liga Central ao Horto do Jardim Botânico, via Copacabana (fusão do percurso da 125 com o da extinta 558 Horto / General Osório), vai virar 124.

Apesar da pompa tecnocrática, os moradores estão cautelosos com as mudanças. Além da própria padronização visual, que só agrada tecnocratas, autoridades e simpatizantes, mas sofre rejeição de maior parte da população.

Parte dos ônibus que circulam por Copacabana terá itinerário reduzido

Do Extra On Line

RIO - Com a implantação do Bus Rapid Service, o BRS (serviço rápido de ônibus) na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, no sábado, parte da frota de cada uma das 64 linhas e seus serviços (variantes que têm o itinerário ampliado) que trafegam na via terá o trajeto reduzido. O vice-presidente da Rio Ônibus (sindicato das empresas de ônibus da capital), Otacílio Monteiro, informou que alguns coletivos farão o retorno na Avenida Prado Júnior (Copacabana) e outros, na Gávea. O número de veículos que fará o itinerário parcial, deixando de passar por Copacabana, variará por linha. Mas todos eles, garantiu Otacílio, estarão sinalizados:
— Teremos ônibus que vão virar circulares — explicou.

Diferente do que chegou a ser divulgado anteriormente, a Secretaria municipal de Transporte informou nesta terça-feira que não haverá redução de linhas, mas de frota. O número de veículos por hora, nos horários de pico, é que diminuirá de 419 para 320 (24%). Com isso, o órgão pretende aumentar de 13 para 24 quilômetros por hora a velocidade dos coletivos.

Outra novidade que virá junto com o primeiro BRS é a transformação dos 22 serviços em linhas, que ganharão um número. É caso da 125 (Central-General Osório): o seu serviço até o Horto vai virar a linha 124.

Todos os 15 pontos ao longo da Nossa Senhora de Copacabana— a informação inicial era que seriam 18 — ganharão um nome, a exemplo das estações do metrô, e terão identidade visual própria. Os ônibus que passam por Copacabana serão reunidos em três grupos.

Na frente dos ônibus, haverá um adesivo com a sigla BRS e um número, correspondente aos pontos na via. Com seis paradas, as 15 linhas BRS 1 são as do consórcio Intersul (cor amarela) que ligam a Zona Sul ao Centro: a 119 (Praça Quinze-Copacabana) e a 154 (Central-Ipanema), por exemplo. Também com seis paradas, as 28 linhas BRS 2 interligam bairros dentro do consórcio Intersul: a 415 (Usina-Leblon) e a 464 (Maracanã-Leblon) estão entre elas.

Com três paradas, as BRS 3 são operadas pelos consórcios Internorte (cor verde), Santa Cruz (Vermelha) e Transcarioca (Azul). Estes pontos ficarão próximos às estações do metrô Cantagalo, Siqueira Campos e Cardeal Arcoverde.

Veículos escolares poderão parar nas faixas de ônibus
Segundo a Secretaria de Transportes, veículos de transporte escolar poderão parar nas faixas exclusivas para ônibus, embora devam trafegar pela esquerda. Já carros, táxis, vans e caminhões estão autorizados tão somente a entrar em garagens ou dobrar à direita: os que rodarem por mais de uma quadra no corredor dos coletivos serão multados por radares.

7 comentários:

  1. Bem, como são "Modernos" essa gente, pensei que iriam importar que tem em SP que, sinceramente, acho horrível que são aquelas portas no lado esquerdo, mas, decidiram não importar.

    Um desabafo: com essa gente, simplesmente passou um "furacão" que tirou a graça do hobby e, nas intermunicipais, tem uma sobrevida de 2 anos se banca ou não o "Moderno".

    ResponderExcluir
  2. Bem, está confuso, mas, algo me diz que é o primeiro passo de tirar a comodidade de linhas para o destino final. Lembro de um site anti-Rio Bus que citou exatamente o 455. Até porque, numa entrevista na Band em 2009, deu a entender que ia tirar a comodidade da linha direta a todo custo.


    Nisso aí que linhas como 391 correm perigo.

    ResponderExcluir
  3. A padronização dos ônibus não me agradou. Agora é mais difícil distingui-los, além disso, muitos letreiros eletrônicos não funcionam bem ou demoram muito para informar o destino do coletivo. Eu, uma pessoa jovem, enfrento dificuldades para ver o ônibus a distancia, ou em dias de chuva, fico imaginando a dificuldade de uma pessoa idosa.

    ResponderExcluir
  4. Na comunidade "Busólogos do RJ", o TRADICIONALÍSSIMO 179 muda de número: 309.

    Prefeitura e sua "MODERNIDADE". Já repito: não é porque que houve o caso do 711 e porque o critério é de 1963 é que tem que ser jogado no lixo e esse critério era BEM AMARRADO. Como eles não andam de ônibus...

    No entanto, o tal fantasma da "Rioitização" preocupa ainda mais que é o fim da outra tradição que só leva ferro, mas, somente o Flávio Assumpção questionou a numeração de ordem confusa dos ônibus começando NITxx.100 ou invés de NITxx.001 ou NITxx.501. Detalhe, tenho divergência de opinião com o Flávio Assumpção com a centena 500 e as outras pessoas que tem a mesma opinião do Flávio Assumpção, estranhamente, não questionam a numeração de Niterói ou finjam questionar.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não entendi o que acontecerá com a linha 740d, Jardim de Alá-Charitas. Está banida? Continua igual e para em qualquer ponto? Será desviada para a Av. Atlântica?
    Muito mal divulgada essa operação.

    ResponderExcluir
  6. Eduardo Paes já avisou que veio para confundir e não para explicar. No RJ TV, ele disse que os cariocas vão ter que se virar diante da padronização visual.

    ResponderExcluir
  7. Ou seja, com esse aviso, como imaginei, veio com arrogância defendendo a encampação branca. Olha, que abra o olho em 2012 que pode até perder eleição, se bobear.

    Aliás, nesse caso de Copacabana, o que eu previa acabou dando a lógica: idosos já estão reclamando que tem que andar muito para pegar os ônibus com a desativação de alguns pontos. No "Extra" de hoje, salvo engano, teve uma senhora que disse que foi implantado em Copacabana foi decisão que não anda de ônibus e anda de carro.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...