quinta-feira, 18 de novembro de 2010

"BRUXA" SOLTA NOS ÔNIBUS PAULISTAS





Dá para perceber o que é a lógica neoliberal quando envolve trânsito, urbanismo e transportes coletivos. A pressão dos motoristas que faz os ônibus rodarem em alta velocidade, a falta de sinalização adequada, a permanência muito longa de ônibus velhos, tudo isso transforma o sistema de ônibus num caos.

É só comparar essa realidade com a de sistemas que não apostam na "curitibanização" que perceberemos que, quando há a tal "curitibanização" - modelo de transporte coletivo baseado na concentração de poder do Estado, expresso até mesmo nas inscrições "cidade tal" na pintura padronizada dos ônibus - , os acidentes e desastres, incluindo até mortes, são maiores do que quando esse modelo não é adotado.

Isso mostra que, apesar de parecer vantajosa a concentração de poder das Secretarias de Transportes, a pretexto de moralizar e reorganizar o transporte coletivo, ela, na verdade, significa muita sobrecarga que acaba comprometendo a tão prometida e sonhada eficácia.

Um comentário:

  1. É incrível a incopetência da prefeitura de SP em adminstrar o sistema de transporte!A COMEÇAR PELA SPtrans,que só serve para inventar novos e modernos meios de multar nós,motoristas,que carregamos nas costas toda a responsabilidade de transportar milhares de pessoas e suar a camisa para seguir regras ridículas que ao invés de ajudar,torna nosso trabalho um pesadelo e um enorme fardo!Não é fácil ser motorista em SP não!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...