sexta-feira, 8 de outubro de 2010

EDUARDO PAES QUER PROIBIR ACESSO DE AMBULANTES NOS ÔNIBUS



Em completo desprezo aos interesses dos trabalhadores, o prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes quer criar uma lei que proibe os ônibus de aceitar o embarque de vendedores ambulantes para vender seus produtos para os passageiros.

Eu, que comprei doces e pipoca nos lanches de ambulantes em Salvador, eu sei o quanto este trabalho é digno e bastante lucrativo. Sei que é uma boa renda para os trabalhadores sustentarem a si mesmos e aos seus familiares.

Nos ônibus e nos terminais rodoviários, os vendedores ambulantes e os camelôs são uma boa opção para a compra de lanche da população. É um mercado que não deveria ser reprimido, mas regulamentado por lei. Deveria haver um diálogo entre prefeito e trabalhadores, sempre visando o interesse público (no caso, dos próprios ambulantes), mas o perfil anti-popular de Eduardo Paes, que parece que está governando para as elites de Madri, não quer saber disso.

Hoje houve um protesto na Central do Brasil contra a lei, mas uma manifestação já ocorreu no dia 30 passado, em protesto contra a medida do prefeito Eduardo Paes.

A atitude mostra o quanto Eduardo Paes é um político conservador, apesar do verniz progressista devido ao seu grupo político. Para alguém que, sem consultar a população, quer padronizar as pinturas dos ônibus e confundir os passageiros, certamente o sr. Paes, se terá alguma imagem na História, é a de um prefeito medíocre que só quer governar para os ricos e não entende as verdadeiras prioridades para a população do Rio de Janeiro.

3 comentários:

  1. Amado leitor nosso prefeito eduardo paes esta com essa ideia idiota de querer fazer uma lei que proibe o trabalhador de poder ganhar seu pao de cada dia,assim ele esta criando os futros ladroes e assatantes do futuro!!assim fica dificil fora Sr.eduardo paes fora!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. É lamentável, Valdeci, porque Eduardo Paes quer governar apenas para os ricos. Não sabe o quanto os ambulantes são úteis para seus fregueses ou até para os próprios ambulantes, que têm sua renda própria e honesta, e sustentam eles mesmos e sua família, não raro numerosa.

    ResponderExcluir
  3. Concordo EM PARTE com a atitude do Prefeito do Rio de Janeiro. Restringir sim, proibir totalmente não!
    Sou de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, onde também há muitos vendedores ambulantes que "pulam" de um ônibus para outro da cidade para vender seus produtos, quase sempre com discursos enfadonhos para os passageiros.
    Eu raramente (não digo nunca, porque sabe como é...) compro coisas desses vendedores de ônibus. Não raro, aparecem inclusive crianças e adolescentes atuando nisso, caracterizando trabalho infantil.
    Prefiro ficar escutando meu tocador de músicas. Eu sei que essas pessoas enfrentam dificuldades, mas o que eu vou fazer?
    Em alguns ônibus daqui da Capital já se colocou essa mensagem, nos painéis eletrônicos no interior deles: "Proibido venda de produtos dentro dos ônibus". Mas pelo visto, isso é um problema que está longe de ser resolvido.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...