quarta-feira, 22 de setembro de 2010

EMPRESÁRIOS DE ÔNIBUS DE CURITIBA PROÍBEM QUE FUNCIONÁRIOS DIVULGUEM DENÚNCIAS



Denúncias feitas pela Internet, em vários fóruns sobre transporte coletivo em Curitiba, afirmam que os funcionários de ônibus da capital paranaense são proibidos de divulgar irregularidades cometidas pelo sistema.

Os funcionários são ameaçados de suspensão e de demissão, se caso comuniquem à imprensa sobre irregularidades como o trabalho estressante que os motoristas de ônibus desempenham e as frotas que cada vez mais se limitam aos ônibus convencionais, no lugar dos ônibus futuristas e com motor traseiro que se tornam a cada dia mais raros na capital paranaense.

A cada dia os motoristas sofrem com as pressões do trabalho intenso, e não são raros os casos de mal súbito que provocam vários acidentes, inclusive trágicos. Há também eventuais falhas mecânicas dos ônibus, como um da frota intermunicipal que teve o pneu desprendido que, ao rodar pela rua abaixo, atingiu e matou uma mulher.

As frotas de ônibus diminuem, as pressões sobre o cumprimento dos horários aumentam, os ônibus se tornam lentos e superlotados. Os bancos são desconfortáveis. As demoras na espera de um ônibus se tornam comuns. Esse é o "perfeito" sistema de transporte coletivo de Curitiba, com seus "probleminhas normais". E quem vive tudo isso, que são os rodoviários, têm que rodar na base da mordaça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...