terça-feira, 20 de julho de 2010

TRANS1000 NÃO TEM ÔNIBUS ADAPTADOS



A empresa Trans 1000, de Mesquita (RJ), é a pior do Grande Rio, em frota totalmente velha e sucateada. É bastante conhecido o desempenho humilhante da empresa, que deveria ter perdido as concessões de linhas longas, mas não se sabe por que cargas d'água isso não aconteceu.

A empresa é tão deficitária em renovação de frota que chega a comprar carros de quarta mão, e o único modelo de carroceria ainda em fabricação que a Transmil mantém em sua frota é a Marcopolo Senior Midi. Marcopolo Viale não conta, porque os detalhes do design da carroceria mudaram na máscara dianteira e nos paralamas, o que indica que os ônibus Viale da Transmil correspondem a lotes bem mais antigos.

Não bastasse isso, não bastasse o péssimo cuidado dos ônibus, o aspecto sujo da pintura nunca renovada nem lavada, o ar condicionado desligado, os bancos de cobrador inutilizados e o motorista acumulando função de cobrador, os ônibus da Transmil não são dotados de acessos para deficientes físicos.

Nota-se que as outras empresas estão renovando suas frotas substituindo carros antigos por carros novos, dotados de acesso para deficientes físicos, e o coitado do passageiro que é obrigado a pegar os ônibus da Transmil tem que ter trabalho para entrar nos ônibus da empresa. Afinal, para a Transmil, de deficiente já bastam os ônibus, que fazem rodízio entre as garagens e a circulação nas linhas, porque têm que passar por "manutenção constante", de preferência com canibalização de peças.

Os ônibus balançam, parecendo estar com os parafusos soltos. O chão é escorregadio de tão liso, se é anti-derrapante está raspado no corredor. Os pneus, carecas, oferecem risco aos passageiros. Enfim, alguém tem que tirar a Transmil da concessão de suas linhas. Será que ninguém se empenha para isso? Ou será que os moradores do Campo Grande são diferentes dos moradores de Mesquita, Nilópolis e Nova Iguaçu, daí o pouco caso com a circulação de ônibus muito velhos e em péssimo estado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...