quinta-feira, 17 de junho de 2010

TRÂNSITO EM COPACABANA



O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, cada vez mais comprometido com os turistas e investidores estrangeiros, e cada vez menos dedicado ao seu povo, quer reduzir em 50% a frota de ônibus que circula na Zona Sul, que inclui o famoso bairro de Copacabana.

Os ônibus nem são tantos assim, eles praticamente parecem espremidos numa "faixa exclusiva", e a ligação para a Zona Norte ainda é precária. Mal o pessoal de Jacarepaguá já conta com duas linhas urbanas de tarifa popular para Copa - 557 Rio das Pedras / Copacabana e 750A Cidade de Deus / Praça 15 (via Copacabana) - e Dudu Paes, se puder, corta todo esse barato?

É certo que poderia haver alguma redução, mas a intenção de Dudu Paes em tirar 1800 ônibus das ruas, no Centro, Zona Sul e região da Tijuca é um grande exagero. Estima-se que pelo menos 30 mil automóveis a mais sejam despejados nas ruas com a medida. E, com o fechamento da Av. Rio Branco, o trânsito será tão catastrófico que se prevê um verdadeiro tapete automotivo, uma verdadeira muralha sobre rodas, estacionada no entorno do Canal do Mangue até a Av. Princesa Isabel.

Nesta foto dá para perceber quem são os vilões dos congestionamentos. Os automóveis, sem dúvida alguma. Se observarmos bem, para cada ônibus que percorre uma rua de Copacabana - como, por exemplo, a Rua Barata Ribeiro e a Av. Nossa Senhora de Copacabana, só para citar as principais - , circulam pelo menos seis automóveis.

E boa parte desses automóveis é de uso bastante supérfluo. É gente que vai do Leblon e Ipanema para Copacabana, em automóveis com apenas uma pessoa. Desperdiçando espaço nas ruas e complicando o trânsito, sob a indiferença dos tecnocratas do transporte público.

Eu não tenho doutorado em Urbanismo nem Engenharia de Tráfego, não fiaz palestras em seminários sobre transporte na Europa, mas entendo muito mais de urbanismo que todos esses tecnocratas.

É porque eu penso o urbanismo a partir das ruas, e não nas quatro paredes de um escritório nem nas meras fórmulas matemáticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...